Solidariedade Digital: Comissão da Advocacia Iniciante desenvolve projeto de inclusão digital

Diante das novas demandas de adaptação exigidas pela Pandemia da COVID-19,
a Comissão da Advocacia Iniciante da OAB Paraná observou a dificuldade de alguns advogados terem acesso ao sistema eletrônico de processos da justiça, bem como o seu manejo para peticionamento. Com este intuito, criou o projeto Solidariedade Digital, uma iniciativa que visa auxiliar advogados que tenham dúvidas relacionadas à questão.

A CAI disponibilizará uma lista de advogados para o Setor de Comissões que irá auxiliar os colegas que precisarem de ajuda. Segundo o presidente da CAI, Wagner Maurício Pereira, trata-se de um auxílio mútuo entre os advogados neste período difícil para todos. “A responsabilidade pelo protocolo é do advogado que está fazendo, sendo que as orientações do advogado da CAI visam dar um maior suporte para mexer no sistema”, afirmou.

Outros projetos

Além do apoio de peticionamento, Pereira adianta que a CAI pretende fazer vídeos a partir dos manuais disponíveis nos Sites dos Tribunais para unificar a forma de comunicação com os advogados que fizerem contato. Estes contatos serão feitos a partir de WhatsApp, ligação ou outro aplicativo que os advogados entenderem adequados para a demanda.

Pereira esclarece ainda que a CAI pretende fazer transmissões ao vivo através do Instagram da comissão (instagram.com/caioabpr), convidando advogados para tratar de temas relacionados à este momento em que toda a advocacia está vivendo. A intenção é realizar pelo menos uma live por semana no horário noturno.

De frente com a CAI

A CAI também planeja a transmissão ao vivo através do Instagram da comissão do projeto De Frente com a CAI, realizado periodicamente no formato presencial na Seccional e em diversas subseções. No projeto, a Comissão convida um advogado ou advogada de destaque para falar sobre a sua trajetória profissional.

Já passei por isso

O projeto Já passei por isso também terá transmissão ao vivo através do Instagram (@caioabpr). Trata-se de uma conversa informal sobre prática profissional. No formato online o tema seria delimitado para garantir a participação de uma pessoa da OAB  para falar sobre a prática em temas como: atendimento ao cliente, audiências, contrato de honorários.

Contato direto com o interior

Também durante a Pandemia, a CAI desenvolverá a partir da sua diretoria de interiorização reuniões on-line com os presidentes de CAI das subseções para colher demandas e situações da região para o momento. A intenção é ter uma maior proximidade e conseguir atender também as demandas que vêm do interior do estado.

Reuniões

A CAI continuará realizando através do aplicativo Zoom reuniões periódicas com sua diretoria. Ademais, pretende lançar através do Google Forms aos advogados iniciantes um formulário para que façam sugestões de pautas que serão compiladas e respondidas após análise
da diretoria da comissão em uma live pelo Presidente da Comissão.

Grupos Permanentes de Discussão

Os grupos permanentes de discussão da CAI vão ser reunir de forma online através de aplicativo, seguindo o cronograma de reuniões presenciais já estipulado.

Contato com os presidentes de CAI de outros estados

O presidente da CAI está realizando reuniões periódicas com os presidentes de comissão de oab jovem de outros estados para articular formas de atuação.

Empregabilidade

O momento atual incidirá diretamente na empregabilidade da advocacia iniciante. Segundo Wagner Maurício, a CAI já começou a estruturar um grupo para apresentar um projeto de empregabilidade, mas neste momento estimulará o estudo de medidas que podem ser tomadas para tentar preservar o emprego dos jovens advogados e apresentará oportunamente para a diretoria da OAB.

Postado em: Destaque, Notícias | Tags: Sem tags

© 2021 - OAB-PR - Coordenação de Informática - Todos os Direitos Reservados