CAI realiza 2º Colégio de Presidentes de Comissão da Advocacia Iniciante

A Comissão da Advocacia Iniciante da OAB Paraná realiza nos dias 26 e 27 o 2º Colégio de Presidentes de Comissão da Advocacia Iniciante (CAI). O evento tem início às 16 horas e será transmitido ao vivo.

“O ano de 2020 foi desafiador e exigiu uma readaptação de todas as atividades das comissões. É a primeira vez que faremos um colégio de presidentes em formato exclusivamente virtual. O encontro de todos os presidentes de comissão é essencial para que a gente sempre direcione o nosso trabalho a partir da realidade de toda a jovem advocacia”, adianta o presidente da CAI, Wagner Maurício.

Estão confirmadas as presenças dos advogados José Augusto Araújo de Noronha, diretor-tesoureiro do Conselho Federal da OAB; Cássio Telles, presidente da OAB/PR; Marilena Winter, vice-presidente da OAB/PR; Rodrigo Sanchez Rios, secretário-geral da OAB/PR; Mauricio Barroso Guedes, conselheiro estadual; Sabrina Maria Fadel Becue, conselheira estadual; Giugliana Vaira Carta, conselheira estadual; Fabiano Augusto Piazza Baracat; pesidente da Caixa de Assistência dos Advogados do Paraná; Adriana D’ávila, coordenadora geral da ESA; José Manuel Justo Silva, presidente da OAB-Prev; Fernanda Valerio, membro da Comissão Nacional da Jovem Advocacia; Caroline Amadori Cavet, presidente da Comissão de Juizados Especiais da OAB/PR.

Confira a pauta de debates:

Apresentação da atuação da Comissão Estadual no ano de 2020.

1 – Andamento da CARTA DE CURITIBA do 1º Colégio de Presidentes de CAI do ano de 2019.

2 – Andamento dos Grupos de Trabalho formados no 1º Colégio de Presidentes de CAI do ano de 2019.

3 – Sugestão de criação de campanha educativa e de conscientização acerca do contrato de associação. (Wagner – Seccional)

4 – Recomendar à Comissão da Advocacia Dativa que proceda diligências junto ao Estado do Paraná (Procuradoria) para inclusão de honorários aos advogados dativos que são nomeados para laborar como plantonistas nos fóruns das Comarcas do Estado,quando não se é realizada audiência. (Juliano Ghiraldi – Loanda).

5 – Reforçar Junto aos Juizados Especiais Cíveis a necessidade de uniformização e padronização de procedimentos, criar período de tempo mínimo para conclusões de processos junto aos juízes, e principalmente no que tange a utilização de alvará eletrônico.  ( Amariole Taís Marmet – Francisco Beltrão)

6 – Criar junto as CAIs das subseções o dia da imersão, para ajudar os novos advogados com cadastramento junto aos sistemas judiciais, bem como, mini aula de preenchimento de guias processuais em parceria com os cartórios Cíveis. ( Amariole Taís Marmet – Francisco Beltrão)

7 – Criação da Ouvidoria da Jovem Advocacia Paranaense ( William Ribeiro Evangelista – Colombo / Daniel de Araújo Cabral – Paranaguá)

8 –  Formação para os(as) Advogados(as) Iniciantes com procedimentos iniciais, tais como: adquirir o token, cadastramento e como utilizar os sistemas Projudi, PJE, Eproc, emissão de guias de custas.  (Thaysa C. Correia – Irati).

9 – Criação de um Programa de Tutores para auxiliar os (as) advogados (as) iniciantes, com dúvidas simples; (Thaysa C. Correia – Irati).

10 – Elaboração de folders/cursos para maior informação e orientação com relação aos Planos de Previdência e INSS Digital; (Thaysa C. Correia – Irati).

11 –  Curso de marketing jurídico gratuito para os (as) advogados (as) iniciantes, especialmente, por conta das restrições do código de ética. (Thaysa C. Correia – Irati).

12 –  Desconto nos juros da anuidade, para a quitação das parcelas atrasadas na anuidade do ano de 2020, visto que muitos advogados enfrentaram dificuldades no presente ano, em especial, tendo em vista que para o ano seguinte estar em dia com a anuidade é requisito para a participação na lista da advocacia dativa. (Brenda Souza – Foz do Iguaçu)

13 – Criação de Curso Online Gratuito sobre Técnicas de audiência e sustentação oral (áreas específicas). (Amanda J. Kern – Subseção de Cascavel)

14 – Discussão sobre os impactos da Pandemia na vida do advogado iniciante, formação de um grupo para debate de possíveis auxílios promovidos pela OAB. (Amanda J. Kern – Subseção de Cascavel)

15 – A manutenção de audiências de conciliação virtuais ou até mesmo a possibilidade de audiências de conciliação”semipresenciais” (Thiago Guidetti – Paranavaí)

16 – Criação de campanha de valorização da jovem advocacia, mais respeito para os novos advogados (Peterson – Subseção de Laranjeiras do Sul)

17 – Destacar a importância e divulgar mais a estrutura da OAB, como funciona a gestão, comissões, etc. (Peterson – Subseção de Laranjeiras do Sul)

18 – Votação do questionário sobre o Exame de Ordem apresentado durante o ano de 2020 no grupo de presidentes

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

© 2021 - OAB-PR - Coordenação de Informática - Todos os Direitos Reservados